[Opinião Graphic Novel] Star Wars - O Ataque de Skywalker



 

Guião: Jason Aaron
Desenho: John Cassaday
Editora: Planeta
Páginas: 152





Opinião
A história deste livro decorre logo após o IV filme da saga, Star Wars – The New Hope. Os autores contam-nos as novas aventuras da Aliança Rebelde conta o Império, logo após a destruição da Estrela da Morte. Temos como protagonistas os nosso heróis Leia, Han Solo, Chewbacca, Luke e, claro, os nossos amigos robóticos, C-3PO e R2-D2.
Entre muitas histórias e peripécias, Luke tenta lutar, pela primeira vez, com Darth Vader, percebendo que ainda lhe falta percorrer muito caminho até estar ao mesmo nível do seu oponente.
Darth Vader, intrigado com a Força deste jovem, tenta capturá-lo e saber mais sobre ele. Capturá-lo não é tão simples quanto isso, e acaba por recorrer à ajuda de mercenários. Contamos aqui com a presença de Boba Fett que, mesmo não conseguindo capturar Luke, descobre o seu nome e apelido e leva estas informações a Darth Vader. A altura em que o Sith ouve o nome do próprio filho é um dos momentos mais marcantes desta história.
O livro conta também com vários momentos bastante engraçados das pequenas (ou não) implicâncias entre Han Solo e Leia. Este volume termina com Han Solo a tentar “engatar” a Princesa Leia mas, durante o momento (supostamente) romântico, surge uma personagem nova que levanta muitas questões. Para saberem quem será a tal personagem têm mesmo de ler a banda desenhada…

O enredo está bem conseguido, mantendo a adrenalina característica de Star Wars, cheia de lutas, armas especiais, naves e outros objectos que só existem numa galáxia muito longínqua. Estar a ler esta BD é como ver mais um bocadinho de filme que nunca chegou às grandes telas do cinema.
Gostei do desenho, especialmente da forma como o artista capturou as expressões das personagens e criou a dinâmica das lutas. Os diálogos são muito coerentes com as personagens já conhecidas, tendo a mesma essência e personalidades já conhecidas dos fãs.

Nas primeiras páginas do livro, deparamo-nos com um pequeno texto de Javier Agrafojo, que fala um pouco sobre o crescimento do mundo de Star Wars: a sua criação como filme de autor (1977), até chegar ao filme de maior bilheteira dos Estados Unidos (e ser destronado em 1982 com o filme E. T., O Extraterrestre, de Spielberg); mostra alguns dos factores que fizeram esta saga arranjar fãs de todo o mundo e de todas as idades – a luta do bem pelo mal, o amor entre a princesa e o mercenário, o herói que, apesar de ser de uma família importante, foi escondido numa terra remota. E claro, temos também Darth Vader, o vilão que prova o quanto o provérbio “O caminho do inferno é pavimentado de boas intenções” está correcto. (Retirei esta parte do provérbio do texto original – achei esta referência muito bem enquadrada e imaginativa). Aborda também a questão da compra do universo Star Wars pela Disney e conta uma peripécia pouco conhecida sobre a relação da Marvel com Star Wars – a Star Wars salvou a Marvel da falência em 1970, começando a publicação de bandas desenhadas que relatavam histórias paralelas ao enredo dos filmes. Gostei deste texto introdutório sobre a história da famosa saga.

Já agora, tenho de enquadrar o lançamento desta banda desenhada. Este é o primeiro volume de uma colecção de vários números, escrita por Jason Aaron e John Cassaday, que tenciona contar as peripécias que aconteceram com os protagonistas da saga entre o IV e o V filmes. Não sei se serão todos traduzidos para português, visto que encontrei estas referências em sites ingleses. Sinceramente, espero que continuem a edição por aqui…


Previous
Next Post »

2 comentários

Write comentários
C.
AUTHOR
31 de março de 2016 às 20:17 delete

OK, vou dar uma de burra e até meto a minha geekiness com vergonha xD nunca me lembrei de ler Star Wars :o que grande falha minha!

Reply
avatar
Kel
AUTHOR
24 de abril de 2016 às 13:44 delete

Tens de ler!! Se gostas de Star Wars, as bandas desenhadas são muito giras!! :D
Beijinhos e boas leituras

Reply
avatar