[Opinião] Lago Perdido - Sarah Addison Allen





Título Original: Lost Lake
Tradução: Inês Castro
Editora: Quinta Essência
Páginas: 280
Classificação: 4/5





Sinopse
A primeira vez que Eby Pim viu Lago Perdido foi num postal. Apenas uma fotografia antiga e algumas palavras num pequeno quadrado de papel pesado, mas quando oviu soube que estava a olhar para o seu futuro.
Isso foi há metade de uma vida. Agora Lago Perdid está prestes a deslizar para o passado de Eby. O seu marido George faleceu há muito tempo. A maior parte da sua exigente família desapareceu. Tudo o que resta é uma velha estância de cabanas outrora encantadoras à beira do lago a sucumbirem ao calor e à humidade do Sul da Georgia, e um grupo de inadaptados fiéis atraídos para Lago Perdido ano após anos pelos seus próprios sonhos e desejos.
É bastante, mas não o suficiente para impedir Eby de abrir mão de Lago Perdido e vendê-lo a um empreiteiro. Este é por isso o seu último verão no lago…até que uma última oportunidade de reencontrar a família lhe bate à porta.


Opinião
Sarah Addison Allen tornou-se, quando li o seu primeiro livro, a minha escritora preferida deste género literário. Sei que, qualquer livro que ela escreva, vai ser um romance simples, mágico, com uma história bem construída, personagens reais, e uma escrita fluída. Este livro não desiludiu. Todas as características que adoro nesta escritora estiveram presentes nestas páginas.

Esta história é centrada numa personagem feminina, Kate, que se vê num dos piores momentos da sua vida – o seu marido morreu e tem uma filha pequena, Devin, para criar. Após um longo período em que se deixa dominar pela dor, Kate acorda e vê-se obrigada a enfrentar novamente o “mundo real”. Por magia, acaba por ir se encontrar com uma tia-avó, Eby, que também se encontra, nessa mesma altura, com alguns problemas. As duas acabam por se apoiar uma à outra, e vêem que, entre elas, existe um elo de ligação muito forte (mais forte do que o que sentiam com outras pessoas de família).
A componente de magia está sempre presente nos livros desta escritora. Este não foi excepção – existem personagens mágicas, objectos mágicos, e existe uma magia superior a tudo isto – o amor. E é o amor (também me refiro à verdadeira amizade), juntamente com uma pitada de magia, que consegue resolver todas as situações complicadas na história e consegue encaminhar as personagens para um caminho seguro.

Uma história muito bem conseguida, redigida de uma forma simples e apelativa. Adorei a Devin, pela sua inocência e criatividade (características que todas as crianças deveriam ter), tal como adorei a Lisette, por ser a personagem mais enternecedora de toda a história (senti, desde o início, um imenso carinho por esta personagem). Estas duas personagens são tão mágicas como toda a história.

Só posso dizer que gostei muito do livro, e que aconselho a todos aqueles que estão à procura de um romance mágico para ler.

Previous
Next Post »

2 comentários

Write comentários
26 de janeiro de 2015 às 21:58 delete

Olá!

Quando vi este livro pela primeira vez fiquei curiosa. Ainda não tinha lido nenhuma opinião deste livro. Agora fiquei com mais vontade de o ler.

Beijinhos e boas leituras!

Reply
avatar
Kel
AUTHOR
5 de fevereiro de 2015 às 13:57 delete

Olá Isaura,

Já li todos os livros desta escritora. Este não é o meu preferido, mas todos eles são do mesmo género. Se gostas de romances simples com uma pitada de magia, dá uma oportunidade a esta escritora. :)

Beijinhos e boas leituras.

Reply
avatar

Mensagens populares