[Um Livro, Um Filme] Ao Encontro de Mr. Banks



Título Original: Saving Mr. Banks
Ano: 2013
Género: Biografia, Comédia, Drama
Duração: 125 min.
Realização: John Lee Hancock
Intérpretes: Emma Thompson, Tom Hanks, Annie Rose Buckley




Tom Hanks como Walt Disney e Emma Thompson como P. Travis, a criadora de Mary Poppins – só podia dar um bom filme.
Apesar de adorar filmes da Disney, nunca vi um dos grandes clássicos – Mary Poppins. Mesmo não o tendo visto, conheço todas as músicas e tenho uma ideia sobre a história. Tendo presente o universo mágico desta personagem, foi bastante estranho ver o semblante serio, arrogante, e extremamente implicativo da sua criadora.
Walt Disney suou (e não foi pouco) para conseguir que P. L. Travis lhe cedesse os direitos de autor para este poder gravar o filme.

Um filme que mostra todos os “ardis” que o criador de Rato Mickey teve de usar para conseguir montar este filme. Ao mesmo tempo que são narradas as peripécias relacionadas com a criação do filme, vão sendo mostradas cenas sobre a infância da escritora, que explicam onde é que esta se inspirou para criar a Mary Poppins. Tendo conhecimento do seu passado, é mais fácil perceber o amor e carinho que esta tem pela personagem, como também explica os seus comportamentos e ideais.
Gostei imenso das personagens principais de “Saving Mr. Banks”, principalmente por terem sido interpretados por tão bons autores. Ao mesmo tempo, gostei da forma como a história estava narrada – a relação entre a história da autora, com a história da criação do filme. Não é um filme fenomenal, mas resultou numa história bem contada, também devido à interpretação de bons autores.
Além do mais, adorei “conhecer” o guionista, o compositor e o letrista – três génios que criaram uma obra prima. 
Aconselho a todos os amantes de filmes da Disney a verem este filme. E, mesmo para aqueles que não seguem o universo Disney, este filme é muito agradável, com momentos de boa disposição e uma história bastante interessante.
Previous
Next Post »

Mensagens populares