Sensibilidade e Bom Senso - Jane Austen [Opinião]



Título original: Sense and Sensibility
Tradução: Mário Dias Correia
Editora: Book.it
Páginas: 352
Classificação: 4/5




Sinopse
“Sensibilidade e Bom Senso”, o primeiro livro de Jane Austen, publicado em 1811, conta a alegre satírica história de duas irmãs. A instintiva e paixonada Marianne e a sensata e mundana Elinor. Embora o coração impaciente de Marianne a deixe vulnerável aos males de amor, as qualidades opostas de Elinor também não a protegem dos problemas emocionais.
“Sensibilidade e Bom Senso” é um retrato psicológico e social da pequena-burguesia do século XVII.

Opinião
Sempre fui uma grande fã da obra de Jane Austen. Infelizmente, ainda não tive oportunidade de ler todos os seus livros…neste momento falta-me apenas ler o Emma.

Agora sobre o Sensibilidade e Bom Senso em particular. Um romance de época, no qual é possível ver a vidas das “jovens casadoiras” de início do século XIX. Austen é perita em desenvolver personagens com carácter muito próprio, mostrando a complexidade de sentimentos do ser humano. Nesta história existem duas protagonistas femininas, em que cada uma encara a vida à sua maneira. Elinor é uma jovem extremamente racional e sensata (bom-senso) e a sua irmã Marianne é o oposto, pois vive a vida segundo o seu coração (sensibilidade). (E está explicado a escolha do título para este livro). Provêm de uma família abastada, que sofre a infelicidade de ter de aprender a viver com bastante menos do que o que estavam habituadas. Tal aconteceu devido à arrogância e egoísmo do seu meio-irmão e cunhada, que herdaram tudo por este ser o filho mais velho, não permitindo as suas meias-irmãs receberem nada.
O livro mostra a vida destas irmãs, focando a sua busca pelo par perfeito, tentando casar por amor, num mundo em que a fortuna e o nome de família são fundamentais. Como em todos os livros da autora, Jane conta todas as peripécias amorosas das protagonistas, que estão inseridas numa época onde um bom casamento é o principal objectivo de vida.
Pessoalmente, estava à espera de outro desfecho. Imaginei sempre que a Elinor ficaria com outra pessoa. Mas, mesmo assim, gostei muito do final.

Uma escrita delicada, simples mas descritiva, recheada de personagens bem construídas e com personalidades bem definidas, esta obra é mais um excelente romance da autora.
Recomendo a todos os amantes de bons romances.


Em relação à edição, encontrei algumas gralhas, como palavras onde faltavam letras ou falta de pontuação. Deparei-me uma vez com um diálogo que não tinha aparência de diálogo, visto que o texto continuava como se fosse apenas uma narração e, claramente, não o era. Pequenas gralhas que não afectam a leitura, mas que poderiam ser melhoradas.
Previous
Next Post »

4 comentários

Write comentários
Denise
AUTHOR
17 de fevereiro de 2014 às 14:19 delete

Olá Kel! :)

É um bom romance sim senhora. Viste o filme?
Tinha ideia que o primeiro livro de Jane Austen é o "Amor e Amizade", escrito pela autora aos 15 anos...
Tenho essa ideia.

Ainda ma falta ler "Emma" e também e a "Abadia de Northanger" :)

Beijinhos! Muitas leituras!

Reply
avatar
Kel
AUTHOR
17 de fevereiro de 2014 às 17:43 delete

Olá Denise! :)

Vi o filme e gostei muito. É bastante fiel ao livro.
Em relação ao "Amor e Amizade", realmente foi o primeiro a ser escrito, mas o primeiro a ser publicado foi o "Sensibilidade e Bom Senso"...não sabia, e tive de ir fazer uma rápida pesquisa no google :p
Nem sei exactamente quando é que o Amor e Amizade foi publicado...

Beijinhos e boas leituras

Reply
avatar
Paula
AUTHOR
18 de fevereiro de 2014 às 11:19 delete

Já tentei ler este livro :P deixei-o a meio!!
:)
Abraço

Reply
avatar
Kel
AUTHOR
18 de fevereiro de 2014 às 12:53 delete

Então Paula? Não estavas a gostar do livro?
Beijinhos

Reply
avatar