A Marca das Runas - Joanne Harris [Opinião]


Título Original: Runemarks
Colecção: Crónicas das Runas
Tradução: Isabel Fraga
Editora: Asa
Páginas: 528
Classificação: 3,5/5




Sinopse
Maddy Smith nasceu com uma marca que ditou o seu destino. A runa inscrita na sua pele é um símbolo dos Antigos Deuses, uma marca mágica. E perigosa. Na pequena aldeia onde vive todos a receiam e excluem. Mas Maddy não renega a sua sorte. Pelo contrário, ela adora magia. Mesmo que isso a condene à solidão. Quinhentos anos passaram desde Ragnarók – o flagelo que marcou o Fim dos Tempos -, e a Nova Ordem impôs regras que ditam o aniquilamento do Caos, da Magia, dos Sonhos e da Imaginação. À medida que os seus feitiços ficam cada vez mais fortes, Maddy sabe que será apenas uma questão de tempo até os Examinadores da Ordem a identificarem e perseguirem. E tempo é algo que o Mundo não tem…agora que a ameaça de destruição é cada vez mais real. Isolada, Maddy pode apenas contar com o ancião seu mentor, que lhe dá a conhecer as lendas nórdicas, com os seus deuses e criaturas maravilhosas. Invisível para a maioria das pessoas, este Mundo Subterrâneo encerra a chave do passado. Dela depende o destino do Mundo, mais uma vez…

Opinião
Há bastantes anos li um livro de Joanne Harris – Chocolate. Não sei dizer porquê, mas não foi um livro que me marcou, nem pela história nem pela escrita.
Apesar de tudo sempre fiquei bastante curiosa em relação a esta escritora, principalmente porque havia muitas opiniões positivas sobre os seus livros.
Quando vi A Marca das Runas à venda achei que era a altura ideal de lhe dar uma segunda oportunidade. Este livro é de um carácter mais juvenil, inspirado na mitologia nórdica, onde a magia e a religião se tornam os temas principais de toda a história.

Como escrita, é notória a simplicidade e objectividade necessária para um livro juvenil mas, nem por isso, a história deixa de ser menos complexa e sombria. Tendo como base a mitologia nórdica, a história desenrola-se principalmente no Mundo Subterrâneo, onde Maddy tenta salvar o mundo que conhece, como também tenta arranjar um equilíbrio entre as várias forças do mundo.
Um aspecto muito curioso deste livro, é o facto da autor mostrar através de várias personagens e de várias acções que o Bem e o Mal não são tão preto e branco como imaginamos, mas que, tanto um como o outro, têm a influência do outro. Mostra também que o ser humano é extremamente complexo, e que o carácter de uma pessoa pode mudar se lhe dermos uma segunda oportunidade.

Gostei da história e das personagens – principalmente da forma completamente inesperada que a autora coloca determinadas personagens a realizar certas acções. Este aspecto dá um certo tom de humor e ironia à história, fazendo com que o leitor sorria perante o imprevisto.
Apesar de ter gostado da história como um todo, não gostei muito da parte final. Parece um pouco “apressada” e confusa, em que há imensa informação para relatar ao leitor, e parece que esta é um pouco “despejada”.
Concluindo, gostei muito do livro. Uma leitura agradável, uma escrita simples e divertida, que se lê rapidamente.

Em relação à edição, achei o tamanho do livro um bocadinho exagerado. Nas folhas existe uma enorme margem ao redor do texto e a letra também é bastante grande. Penso que se reduzissem a margem e um bocadinho o tamanho da letra, seria à mesma agradável de ler e tornava-se mais fácil o seu transporte. Em relação à capa, adorei a cor e os relevos.


Previous
Next Post »

4 comentários

Write comentários
Denise
AUTHOR
11 de novembro de 2013 às 13:43 delete

Olá! :)

De Joanne Harris já li a quase totalidade da sua obra. Este livro ainda não me inspirou curiosidade...
Penso que o facto de não se centrar na tão conhecida "atmosfera" da culinária, dos aromas e sabores, não sei... ainda não me levou a lê-lo.

Concordo com a capa, é muito bonito e apelativa :)

Boas leituras!

Reply
avatar
Kel
AUTHOR
11 de novembro de 2013 às 14:10 delete

Olá Denise :D

Acho que tenho de dar outra oportunidade aos restantes livros da Joanne Harris. Como disse na opinião, li o chocolate há alguns anos e não gostei muito. O pior, é que já nem sei porque é que não gostei -_-'

Boas leituras**

Reply
avatar
6 de dezembro de 2013 às 21:23 delete

Adorei a sinopse desse livro e já apontei para comprar em breve. Se eu algum dia ler te darei a minha opinião. Beijinhos fofinhos!!

Reply
avatar
Kel
AUTHOR
6 de dezembro de 2013 às 22:39 delete

Olá Joaninha,

Está combinado. Quando o leres eu vou ver a tua opinião.
Beijinhos

Reply
avatar

Mensagens populares