O Mago - Aprendiz - Raymond E. Feist




Título Original: Magician: Apprentice

Editora: Saída de Emergência

Páginas: 416

Classificação: 3,5/5 – Bom








Sinopse
Na fronteira do Reino das Ilhas, existe uma cidade tranquila chamada Crydee. Nessa cidade, vive um rapaz órfão de nome Pug. Trabalhando nas lides do castelo que o acolheu, ele sonha com o dia em que se tornará um guerreiro valoroso ao serviço do rei. Mas o destino troca-lhe as voltas e o franzino Pug acaba por tornar-se aprendiz do misterioso Mago Kulgan. Nesse dia, o destino de dois mundos altera-se para todo o sempre. Subitamente a paz do reino é esmagada, sem piedade, por misteriosas criaturas que devastam cidade após cidade. Quando o mundo parece desabar a seus pés, Pug percebe que apenas ele poderá mudar o rumo dos acontecimentos, penetrar as barreiras do espaço e do tempo, e dominar os poderes de uma nova e estranha magia… Esta é uma viagem por reinos distantes e ilhas misteriosas, onde irá conhecer povos e culturas exóticas, aprender a amar e descobrir o verdadeiro valor da amizade. Mas, no seu caminho, terá de enfrentar tenebrosos perigos e derrotar os inimigos mais cruéis.


Opinião
Este livro surgiu na minha vida devido a uma troca com a Patty do blog Chaise Longue. Há tantos livros que algumas pessoas não gostam e que enchem as medidas a outras, porquê não levar os livros a visitar outras casas e outras pessoas? Foi isso que fizemos. Posso dizer que não fiquei nada arrependida desta troca.
Gostei muito deste livro, apesar de haver alturas que me decepcionou um pouco.

Segundo a crítica do “BBC’s Big Read Top 100, “desde um leitor iniciático de Harry Potter até um experimentado leitor de George R. R. Martin, ninguém poderá dispensar a leitura deste marco de fantasia”. Primeiro, não acho que seja um marco deste género literário, apesar de ser uma leitura bastante agradável. Segundo, esta história não tem nenhuma relação com os livros mencionados acima, mas tem muito em comum com O Senhor dos Anéis de Tolkien. Dou um exemplo - o grupo protagonista do livro parte de Crydee e para chegar ao seu destino tem de atravessar umas montanhas, mas acabam por ser encurralados por elfos negros. Aqui surgem os anões que os ajudam, dando-lhes outro trajecto alternativo - ir por baixo das montanhas, pelas minas que tinham sido escavadas pelos seus antepassados. Dentro da mina surge uma criatura, género espectro, que consegue prender uma das personagens no imenso labirinto subterrâneo, ficando o grupo com um membro a menos. Quem conhece “A Irmandade do Anel” pode ver as semelhanças. Quando me deparei com esta parte da história fiquei muito decepcionada, visto não ser nada original, e ainda por cima ser idêntico a um dos meus livros preferidos de fantasia.

Apesar de tudo, continuei a leitura e deparei-me com um desenrolar diferente do que eu esperava. Houve algumas partes mais monótonas, mas pareceu-me que a história avançava a um bom ritmo, não aparecendo outras partes semelhantes a outros livros. O enredo esconde algumas surpresas, e deixa outras para serem desvendadas nos próximos volumes. Uma história repleta de aventura, amizade, coragem, dor, em que não existe apenas uma personagem principal. Além de Pug, o seu amigo Tomas tem um papel crucial na história, não deixando as restantes personagens renegadas para segundo plano. Todas elas tem uma parte activa na história, e recebem o destaque que merecem. Para mim este é um dos pontos mais positivos do livro.

Concluindo, foi um livro que gostei bastante, apesar de não o considerar um dos melhores dentro do género. Mas acho que a continuação vai ser superior ao primeiro livro.
Previous
Next Post »

8 comentários

Write comentários
Rute Ferreira
AUTHOR
1 de maio de 2012 às 16:30 delete

Se quiseres tenho para troca o 2º :)

Reply
avatar
Kel
AUTHOR
1 de maio de 2012 às 17:54 delete

Olá Rute, comprei ontem o 2º na Feira do Livro. :s Senão trocava contigo!

Reply
avatar
addle
AUTHOR
1 de maio de 2012 às 18:30 delete

Já peguei neste livro muitas vezes em livrarias, mas acabei por nunca o trazer. Agora fiquei intrigada com ele, tenho que lê-lo ainda este ano.

Reply
avatar
Kel
AUTHOR
1 de maio de 2012 às 18:43 delete

Mas quando começares a ler não comeces com grandes expectativas para não te desiludires. Eu comecei a gostar mesmo do livro já ia a meio. E como o livro acaba dá mesmo vontade de ler o livro seguinte! :)

Reply
avatar
1 de maio de 2012 às 20:59 delete

Olá querida!=D

Foi um prazer trocar contigo! Essas foram as razões para não seguir o resto da série e ainda bem que ele foi para as tuas mãos já que vais ler o segundo =)

Beijinhos,

Reply
avatar
Kel
AUTHOR
1 de maio de 2012 às 23:07 delete

Olá!!!!
Eu percebo-te perfeitamente, mas apesar desses contras o livro tem algo que me agarra...vamos lá ler o segundo e depois logo se vê. :p

Beijinhos

Reply
avatar
Anónimo
AUTHOR
24 de novembro de 2012 às 21:28 delete

Adorei o livro, estou agora a ler o segundo...
será k alguém sabe quantos e que o autor vai publicar?

Reply
avatar
Kel
AUTHOR
26 de novembro de 2012 às 10:14 delete

Olá! Ainda não comecei a ler o segundo, mas já anda cá por casa...
Ora bem, da saga do Mago, o autor escreveu 3 livros (na edição portuguesa são 4). Após esta Saga, o autor continuou a escrever, e na Saída de Emergência já existem mais 2 livros, que constituem a "Os Filhos de Krondor". Se visitares a Wikipédia - http://en.wikipedia.org/wiki/Raymond_E._Feist#The_Riftwar_Saga dá para perceber que o autor escreveu imenso. Duvido que todas as sagas presentes neste site sejam editadas em Portugal...para já, do autor existem 6 livros em português.
Beijinhos e boas leituras

Reply
avatar

Mensagens populares