Anonymous [Um Livro, Um Filme]





Título Original: Anonymous

Ano: 2011

Género: Drama

Duração: 130 min.

Realização: Roland Emmerich

Intérpretes: Rhys Ifans, Vanessa Redgrave, Sebastian Armesto, David Thewlis



Vi este filme há poucas semanas no cinema.
O filme é sobre uma teoria que eu desconhecida da vida de Shakespeare. Segundo esta teoria, quem escreveu as obras que estão assinadas com o nome de Shakespeare não é o homem que possui este nome. Era uma pessoa conhecida politicamente, que para poder publicar as suas obras e pôr em palco as suas peças, teve de ocultar o seu nome.
Independentemente de ser o “Shakespeare” ou ser outro homem que escreveu estas obras, o legado literário que deixou não passa a ser menos importante, ou menos fantástico. Mas é interessante vermos que às vezes atribuímos caras e nomes a determinadas coisas do passado, que não foram como nós pensávamos.

Gostei muito d filme. Gostei dos actores e das interpretações. O guarda-roupa era fantástico (adoro os vestidos desta altura…)!

Para quem gosta do mundo literário e gostava de saber mais sobre os escritores das obras que tanto admiramos, recomendo este filme!

Previous
Next Post »

2 comentários

Write comentários
Madrigal
AUTHOR
3 de fevereiro de 2012 às 14:53 delete

a teoria é rejeitada pela maioria dos académicos e há outras pessoas a quem atribuem a autoria das obras de Shakespeare.
A forma como o filme a apresenta essa teoria torna-a bastante credivel e claramente podemos ver em Edward De Vere alguém que podia ter escrito as peças de teatro e a poesia.
O filme é realmente bom.
O legado do Shakespeare é enorme, ainda há uns meses encontrei uma lista de expressões que ainda hoje são usadas em inglês e tiveram origem nos seus escritos.

Reply
avatar
Kel
AUTHOR
3 de fevereiro de 2012 às 16:24 delete

Olá Madrigal.

Bem-vindo ao blog!
Não sabia que a teoria era rejeitada. Depois de ver o filme comentei a existência desta teoria com alguns amigos que também são viciados em livros, e que já conheciam esta teoria. Afinal esta teoria já existe há bastante tempo.
Também achei o filme muito bom, e Shakespeare, independentemente da história que tenha tido, é um marco da literatura e da língua inglesa.
Boas leituras.

Reply
avatar