Um Lugar sem Nome - Amy Tan






Título Original: Saving Fish from Drowing

Editora: Casa das Letras

Páginas: 404

Classificação:  5/5






Sinopse

Doze amigos americanos preparam-se para a viagem da sua vida partindo do sopé dos Himalaias chineses, considerandos o verdadeiro Shangri-la, seguirão até às florestas inexploradas da Birmânia, para estudarem a arte e a cultura destes países. Mas, depois da misteriosa morte de Bibi Chen, a sua guia turística, os planos cuidadosamente preparados desmoronam-se, e a confusão espalha-se ente os viajantes. Na madrugada do dia de Natal, os amigos embarcam num cruzeiro por um lago enevoado…e desaparecem. Vagueando em plena selva encontram uma tribo secreta que se esconde num Lugar sem Nome e que acredita que um dos turistas é o seu salvador, o líder que tanto esperava para os libertar da violência do regime militar birmano.
Amy Tan tece uma história provocadora e apaixonante acerca da mente e do coração do ser humano, as acções que escolhemos, as questões morais que nos podemos colocar e, acima de tudo, as respostas profundamente pessoais que procuramos quando os finais felizes são aparentemente impossíveis.


Opinião

Quando vi este livro houve algo que me atraiu. Não sei o quê, mas a capa era-me muito apelativa! Quando li a capa do livro não me pareceu nada interessante, mas mesmo assim li-o. E ainda bem que o fiz!
Adorei o livro! O início não tinha nada a ver com o que eu imaginava. A personagem principal, que tinha organizado a viagem para os seus doze amigos, foi encontrada morta na sua loja. Mas quem conta a história é a mesma personagem, que quando morreu ascendeu a uma forma de “fantasma” e acompanhou toda a viagem dos seus amigos, sabendo os seus pensamentos e ajudando-os nos momentos mais complicados.
Numa narrativa muito bem construída, onde a escritora consegue ligar os pensamentos das personagens, à história da Birmânia e da sua cultura, como também a um enredo fascinante, onde há sempre um toque de magia, acção, romance e intriga.
Adorei a escrita, adorei a história.
O livro “encheu-me as medidas”.
Previous
Next Post »

4 comentários

Write comentários
5 de setembro de 2011 às 07:16 delete

Tenho este livro para ler há algum tempo, a tua opinião "acordou" a minha vontade de o ler!

Reply
avatar
Kel
AUTHOR
5 de setembro de 2011 às 14:49 delete

Olá Márcia!
Sê bem vinda ao meu blog! :)

Gostei mesmo muito deste livro!..espere que quando o leres também gostes!

Boas leituras

Reply
avatar
Paula
AUTHOR
11 de setembro de 2011 às 10:33 delete

Não conhecia esta obra.

Reply
avatar
Kel
AUTHOR
12 de setembro de 2011 às 00:29 delete

Eu também nunca tinha ouvido falar! Mas apaixonei me pela capa e li!
Gostei muito!

Reply
avatar

Mensagens populares