Guerra e Paz – Volume I – Lev Tolstói



 





Pois é, comecei com uma epopeia que nunca mais acaba.

Acabei estes dias o primeiro volume da "Guerra e Paz" de Tolstoi. Tenho tanto a dizer…

O início agarrou-me bastante. Era principalmente a descrição da nobreza russa, os jantares, o convívio, os condes, os príncipes, a iminente guerra que se aproxima, a bajulação de pais a superiores do exército para colocarem os seus filhos em determinados postos. Esta parte lia quase seguida, o problema foi quando começou a guerra. A descrição da guerra era maçadora, chata, confusa, muitos nomes para decorar. Confesso que fiquei muito tempo com o livro pousado na mesa a ganhar pó. Li outros entretanto e quando voltei a pegar nesta obra li pouco menos de metade em poucos dias – voltou-me a agarrar.
Uma coisa muito confusa é o constante aparecimento de personagens. Há imensas, e com nomes pouco comuns para nós (o que dificulta a memorização). Outro dado em relação a isso, é que não existe uma personagem principal, apenas algumas personagens que sobressaem mais. E para todas as personagens existe apenas um fio condutor que as consegue ligar a todas com diferentes motivos - a guerra, o estado social -, aparecendo histórias secundárias que se ligam facilmente à história principal.

Neste momento estou à espera do 2º volume, visto que estou a ler a colecção da Editoral Presença que dividiu esta obra em 4º volumes.

Confesso que fiquei entusiasmada com a leitura. Gosto da escrita de Tolstoi, embora às vezes seja cansativa.

Vamos lá ver o que me aguarda o 2º volume!
Previous
Next Post »