6 de Março de 2011

A Pérola – John Steinbeck





A Pérola

John Steinbeck

153 páginas

Classificação: 5/5







Sinopse

Baseada num conto popular mexicano, A Pérola constitui uma inesquecível parábola poética sobre as grandezas e as misérias do mundo tão contraditório em que vivemos. É, assim, a história comovente de uma pérola enorme, de como foi descoberta e de como se perdeu… levando com ela os sonhos bons e maus que representava, mas é também a história de uma família e da solidariedade especial entre uma mulher, um pobre pescador índio e o filho de ambos.


Com uma obra literária em que predomina a denúncia da vida difícil a que é sujeito o subproletariado agrícola, John Steinbeck recebeu da Academia Sueca o Prémio Nobel da Literatura em 1962 com a seguinte menção: "Nunca pretendeu escrever para tranquilizar os leitores, entretê-los sem os escandalizar. Pelo contrário, os tópicos que escolheu eram sérios e denunciadores..A sua capacidade literária foi sempre adquirindo um ímpeto crescente."



Opinião

Um livro fantástico! Sem dúvida um dos que me ficará na memória.

Uma escrita poética, de uma profundeza inigualável.

A história é um drama, que entra no pensamento do leitor, e mesmo quando este termina de o ler, todo o drama continua gravado no seu ser. Uma história pesadíssima, que aborda problemas sociais, raciais, desigualdades económicas. Um médico que rejeita tratar um bebé com uma picada de escorpião por este ser filho de índio. Uma saída, que poderia resolver todos os problemas, mas que se torna a maldição da família.

Um livro que faz pensar. A forma como nós, humanos, ambicionamos uma coisa, e que quando a encontramos tudo à nossa volta muda, o que se fará, como o resto do mundo nos verá, até a forma como pensamos é alterada. A ambição desmesurada, a importância da vida humana, os problemas raciais, a importância da família. Tudo abordado neste pequeno livro.

Um autor estupendo! Uma história tocante e marcante!

Recomendo vivamente!

8 comentários:

Jojo disse...

A Pérola é um livro que quero ler há muito! Nunca se proporcionou mas, ainda não desisti da sua leitura!

Bjinhos Kel e boas leituras!

Kel disse...

Eu comecei a ler e não sabia nada do autor ou da história. Tinha o livro na estante e estava com vontade de ler algo "mais sério", por isso optei por ele. Foi uma boa opção! Gostei mesmo do livro!
Beijinhos! :D

Estrela_da_Noite disse...

Também adorei este livro!

Do Steinbeck apenas li este e o "A Um Deus Desconhecido". Confesso que gostei mais deste porque acho que não consegui alcançar totalmente o outro.

Mas é maravilhoso como Steinbeck consegue numa história tão simples ser tão profundo!
Para mim: um dos melhores livros de sempre! ^^

Kel disse...

Olá Estrela_da_Noite!
Obrigada por visitares o meu blog! :D
Sim, realmente a história é fantástica, realmente profunda!
Imagino que o "A um Deus Desconhecido" também seja do mesmo género! Talvez um dia o leia! :D

Boas leituras!

Antonio Abreu disse...

Sempre gostei dos livros que fazem pensar, só me interesso pelos que causam impacto, os que merecem serem relidos... um abraço...

A minha biblioteca disse...

Olá!
É só para avisar que te desafiei para um meme literário que podes ver no meu blog
http://aminhapequenabiblioteca.blogspot.com/

Boas leituras!

Clapotis disse...

Já li quase todos os livros deste autor, é bom, muito bom.
Há um desfiozito para ti no meu cantinho.
Boa semana de leitura!

Kel disse...

Olá Clapotis e A Minha Biblioteca,

Obrigada por se terem lembrado de mim!

Clapotis, também achei este autor muito bom!!! Vou com certeza ler mais alguns livrinhos deste senhor!

António Abreu, realmente este livro faz pensar! E acredito que seja uma óptima obra para ser relida!

Boas leituras!