Booking Through Thursday – Séries ou Livros isolados


Já tinha descoberto há algum tempo este site, e apesar de ainda não ter respondido a nenhuma das questões, achei a ideia muito gira.

Aqui vai a minha primeira participação.


ries ou Livros Isolados?



É uma questão para a qual nunca me decidi.

O primeiro livro que li foi o Harry Potter e a Pedra Filosofal, o primeiro de uma saga de sete. E sempre que acabava um dos livros, sentia aquele formigueirozinho no estômago por querer ler o seguinte, e o grande problema é que esse só viria passados muitos meses. J. K. Rowling foi, sem dúvida, uma escritora que sempre me marcou, e que me introduziu no mundo da literatura, começando com uma saga. A partir daí queria sempre ler séries porque sabia que as personagens que tanto gostava iam continuar a acompanhar-me mais tempo neste caminho chamado vida. Li vários tipos de séries e sempre gostei que fossem assim. Mas claro que há excepções. Houve casos em que se notava claramente que o escritor só tinha feito mais um livro para puder lucrar com a fama que a sua saga estava a ganhar, ou que as histórias acabavam por se repetir, e as personagens tornavam-se demasiado previsíveis. Mas foram poucos os casos que isso aconteceu.

Durante muitos anos preferi séries, pequenas ou grandes, era-me indiferente. Só gostava de sentir que iria voltar a "ver" aquelas mesmas personagens.

Nestes últimos anos tenho mudado um pouco de postura. Antes lia praticamente só livros de fantasia, ou romances leves. Hoje gosto de ler outros tipos de escritores , vencedores do Nobel de Literatura, clássicos, livros que fazem o leitor reflectir. Nestes casos são livros isolados, e não deixo de gostar deles por assim serem. Aliás, dois dos meus livros preferidos são livros isolados, e nunca imaginaria uma forma de os continuar. Foram histórias construídas para serem contadas naquele número de páginas. Não era necessário desenvolver ainda mais.

Outro factor que ultimamente me tem levado a ler livros isolados, é a questão monetária. Numa saga, a pessoa é compelida a comprar, ou arranjar, os restantes livros para saber o final do enredo. Quando se lê um livro isolado isso não acontece, podendo ler outros livros que tenhamos parados em casa.

O que me aconteceu várias vezes é que acabava de ler o primeiro livro de uma saga, e logo que podia ia comprar o livro seguinte, sabendo que tinha montes de livros por ler na estante. No caso de um livro isolado não acontece este tipo de problemas!

Sendo assim, não me decido por escolher nenhum deles. Gosto de ler as duas coisas. Continuo a ler sagas como sempre li, e cada vez mais leio livros isolados. O mais importante é ler, divertirmo-nos e sentirmo-nos bem com o que lemos.

Previous
Next Post »

2 comentários

Write comentários
Close up!
AUTHOR
1 de abril de 2011 às 22:29 delete

O Harry Potter é uma saga excepcional...
Apaixonei-me perdidamente mal li "A pedra filosofal".

Reply
avatar
Kel
AUTHOR
1 de abril de 2011 às 22:50 delete

É mesmo isso. Entramos naquele mundo, e é impossível esquecer-mo-nos dele. :D

Reply
avatar