O Feitiço da Lua – Sarah Addison Allen



O Feitiço da Lua

Quinta Essência

238 páginas

Classificação: 4,5 / 5





Sinopse

Emily Benedict vai para Mullaby, na Carolina do Norte, na esperança de resolver pelo menos alguns dos mistérios que rodeiam a vida da mãe.


Porém, assim que Emily entra na casa onde a mãe cresceu e trava conhecimento com o avô, cuja existência sempre desconhecera, descobre que os mistérios não se resolvem em Mullaby, são um modo de vida: o papel de parede muda de padrão para se adequar ao estado de espírito do ocupante do quarto, luzes inexplicáveis dança, pelo quintal à meia-noite, e uma vizinha, Julia Winterson, cozinha esperança sob a forma de bolos, desejando não apenas satisfazer a gulodice da cidade mas também reacender o amor que receia ter perdido para sempre. Mas porque desencorajam todos a relação de Emily com o atraente e misterioso filho da família mais importante de Mullaby? Ela veio para a cidade a fim de obter respostas, mas tudo o que encontra são perguntas.


Um bolo de colibri poderá trazer de volta um amor perdido? Haverá mesmo um fantasma a dançar no quintal de Emily? As respostas não são nunca o que esperamos, mas nesta pequena cidade de adoráveis desadaptados, o inesperado faz parte do dia-a-dia.




"Os personagens ternos de Allen e a localização peculiar da história abriram os corações dos leitores. Nada desilude neste livro. Os fãs de O Jardim Encantado irão devorá-lo.

Library journal


"Tal como os mais viciantes chocolates, é impossível resistir ao novo romance mágico de Sarah Addison Allen."
Booklist


"Um livro que vai desejar transportar debaixo do braço, como se fosse um amigo."

Mississippi Press


" Apaixonei-me pela escrita de Sarah Addison Allen e pelo mundo que ela descreve."

Luanne Rice



Opinião

Já li os outros dois livros desta autora, e logo que vi que tinha saído um terceiro comprei. Não li a sinopse, não li resumos, não li opiniões. Deixei-me mergulhar no desconhecido, sem saber do que tratava a história e sem ser influenciada por quaisquer tipos de críticas.

Adorei!

O universo da Sarah Addison Allen é fantástico. Ela consegue conjugar uma história muito real com pequenos pormenores mágicos. Uma história com pessoas e vidas comuns, com problemas reais e actuais, passada numa cidade mágica, em que algumas pessoas condizem com essa magia. É uma história real passada num conto de fadas

As personagens são soberbas. A escritora consegue sempre criar uma relação da personagem com a comida, uma relação mágica e encantador, que torna o desenlace maravilhoso.

Uma das nossas protagonistas, Emilly, tem um quarto mágico. As paredes estão forradas por um papel mágico que se modifica consoante o estado de espírito do seu habitante. Tanto se podem encontrar alfazemas, como borboletas enfurecidas, um céu estrelado, ou até uma cor escura aveludada, com riscas amarelas, que se abrem e fecham, dando ideia de portas e janelas. Um quarto mágico. Emily, uma rapariga normal, que "cai de pára-quedas" numa casa com um quarto incomum. Vive com o avô, que tal como o quarto foge a qualquer tipo de convenção. Ele é um gigante. Não estou a exagerar ou a querer dizer algo sem sentido. O seu avô mede muito mais de dois metros, tão alto que se destaca numa avenida cheia de gente, e faz com que cada pessoa que passe por si se sinta uma autêntica formiga. Emily cria amizade com Julia, uma mulher com uma adolescência problemática, que marcou toda a sua vida. Hoje, volta para a sua cidade natal com intenção de aí permanecer aí pouco tempo porque teme passar por todo o sofrimento e solidão que ali sentiu no passado. É uma pasteleira. Cozinha bolos que encantam todos os habitantes da cidade, apesar de não ser esta a finalidade dos seus doces. Ela quer atrair a felicidade que nunca pôde ser sua: quer atrair as pessoas que mais ama e que se viu obrigada a deixar.

Apaixonei-me por estas histórias com O Jardim Encantado, e há alturas em que penso se realmente não há neste mundo cidades onde isto é possível. Onde existe um toque de magia que permite as pessoas serem verdadeiras e felizes.

Este livro traz este toque de magia tão único, que ajuda as pessoas a verem como a vida é bonita, e dá para pensar como realmente tudo acontece por uma razão!


Esta escritora tornou-se uma das minhas preferidas, e com este livro não me decepcionou!

Previous
Next Post »

4 comentários

Write comentários
jimmy
AUTHOR
15 de novembro de 2010 às 12:09 delete

Viva! Acabei por "tropeçar" neste louvável blog sobre leitura e, sem querer fazer dele um espaço de promoção própria, gostava de aproveitar para deixar o convite a descobrir o meu recente trabalho "Os Bárbaros" (http://www.fnac.pt/Os-Barbaros-Humberto-Oliveira/a320310) ou até, quem sabe, outras das minhas obras cujo lançamento se encontra para breve. Agradecido,
Humberto Oliveira (Jimmy David).
www.wix.com/jimmydavid/wixjimmy

Reply
avatar
Kel
AUTHOR
15 de novembro de 2010 às 22:44 delete

Olá Jimmy.
Espero que tenhas gostado do meu espaço literário.
Quando tiver oportunidade vou dar uma "vista de olhos" ao teu trabalho!
Boa sorte e boas leituras!

Reply
avatar
Rita Norte
AUTHOR
15 de janeiro de 2011 às 20:35 delete

Li os outros dois livros desta autora, este ainda não, mas após ler a sua opinião fiquei com vontade de começar a ler agora mesmo :)

Reply
avatar
Kel
AUTHOR
17 de janeiro de 2011 às 00:01 delete

Olá Rita!

Se gostaste dos outros livros da Sarah de certeza que também irás gostar deste! Tem a mesma magia que os restantes!
Beijos e Boas leituras!

Reply
avatar