O Miúdo que pregava Pregos numa Tábua - Manuel Alegre



O Miúdo que pregava Pregos numa Tábua

Manuela Alegre

D.Quixote






Sinopse

Entretanto o miúdo cresceu, quer seja o que pregava pregos muito direitos numa tábua, quer o que engoliu os comprimidos do avô, quer o que se rebelou contra a humilhação das mangas curtas, que os outros todos ou eu próprio, que não sei se fui cada um deles menos um, este que conta e tem tendência ora a efabular ora a querer ser tão verdadeiro que põe em dúvida o que de facto foi e até de si mesmo suspeita. Seja ele quem for, o certo é que o miúdo cresceu. E agora está aqui (mas ainda será ele?) a ver se consegue escrever um livro, sem saber o quê nem como. Pois que outro livro pode escrever-se? Vida de tantas vidas na tão curta vida.


Crítica

Já tinha visto este livro anunciado nalguns blogs, mas não me tinha despertado grande interesse. Um dia destes, a minha mãe trouxe-o para casa para ela ler. É um livro pequeno, com poucas páginas e letra grande. Como só tinha lido o livro "Cão como Nós" deste autor, e já foi há alguns anos, resolvi explorar de novo a sua escrita.
É um livro auto-biográfico, em que a história são pequenos momentos da vida do escritor. Mas melhor que a história é a escrita. Dá gosto ler! Li o livro em pouquíssimo tempo. Uma escrita tão fluente e doce, que dá sempre vontade de virar a página.

Não tenho muito mais para dizer, mas se gostam de livros simples, mas com uma boa escrita, este livro é uma boa aposta!
Previous
Next Post »

Mensagens populares